Sindicato na linha de frente em defesa de Wagner

47

O Sindicato dos Bancários do Ceará acionou seu Departamento Jurídico para defender o bancário Wagner Fernandes Jacinto, funcionário do Banco do Nordeste do Brasil, ameaçado de demissão pelo banco. A direção do BNB instaurou um inquérito judicial visando a demissão por justa causa do funcionário, lotado na agência Quixeramobim, no Ceará. Wagner é diretor suplente da AFBNB e delegado sindical de sua unidade.


O chefe do Departamento Jurídico do Sindicato, Carlos Chagas, foi designado pela diretoria da entidade para acompanhar diretamente o caso, por se tratar de ação de alta relevância para a entidade sindical e a categoria bancária, visto que atinge um representante dos trabalhadores, democraticamente eleito por sua base. O Sindicato dos Bancários buscará também apoio de outras entidades para realizar ações políticas.


Para o coordenador da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB (CNFBNB/Contraf-CUT), Tomaz de Aquino, “a defesa de Wagner é uma questão de princípio”. Essa posição foi reforçada pelo presidente do SEEB/CE, Marcos Saraiva “estamos sempre prontos para defender trabalhador. É nosso compromisso estar junto na solução jurídica e na solução política”. O vice-presidente da FETECE/NE, Ribamar Pacheco, reiterou: “essa luta será encampada também pela Federação e pela Contraf-CUT”.