Sindicato negocia com BB padronização dos procedimentos nas agências explodidas

4


Em negociação, o Sindicato dos Bancários do Ceará e Superintendência Estadual do BB debateram a padronização dos procedimentos com relação aos funcionários das agências explodidas no interior do Estado, no dia 21/2. O objetivo específico é o retorno do atendimento bancário nos municípios e a unificação das verbas destinadas aos funcionários atingidos. Veja a lista completa das agências explodidas e que não estão funcionando no site www.bancariosce.org.br.


O Sindicato defendeu agilidade nos esforços para minimizar o desconforto dos funcionários, que se deslocam diariamente, até 50 quilômetros de distância da agência sinistrada, para trabalhar. Além dos bancários, a própria população dos municípios pede a reabertura das agências com a maior brevidade.


Estiveram presentes à negociação, realizada na Super/BB, o Superintendente Estadual do Banco do Brasil, Castro Júnior; a Gerente da Gepes, Valéria Sampaio e o Gerente de Administração, Lívio. Pelo Sindicato, estavam os diretores Valdir Maciel e Bosco Mota.