Sindicato negocia manutenção de direitos

33

A reunião de duas horas realizada no último dia 28/12, em Osasco, diretores da CNB, Fetec Nordeste, Sindicato dos Bancários do Ceará e AFBEC, quando foram iniciadas as negociações com os dirigentes do Bradesco, já deu frutos. A diretora de Relações Sindicais do Bradesco, Eduara Cavalheiro, informou ao Sindicato dos Bancários que será mantido o pagamento dos funcionários no dia 20 de cada mês e, se houver mudanças, haverá anúncio prévio. Também ficou mantido o pagamento da antecipação do 13° salário para janeiro.

No encontro, os bancários solicitaram uma agenda de discussões a serem iniciadas em Fortaleza com os representantes do Bradesco. Os funcionários do BEC querem discutir a estabilidade do emprego enquanto durar o contrato de prestação de serviço ao Estado; plano de aposentadoria incentivado e transição do modelo BEC para o modelo Bradesco envolvendo pontos como: data de pagamento do salário e adiantamento do 13° salário, horas extras, direção geral, plano de saúde e caixa de previdência, dentre outros.

Os representantes do Bradesco se dispuseram a criar um canal de discussão e destacaram que não podiam ainda se posicionar sobre diversos itens, mas que se posicionariam ainda em janeiro, após conhecer a realidade do BEC. Só depois poderão ser tomadas quaisquer medidas. Mas garantiram que não há plano de demissão em massa e que não haverá mudanças abruptas. Esse mesmo posicionamento foi mostrado pelo presidente do Bradesco, Marcio Cypriano, em Fortaleza, durante entrevista à imprensa local na semana passada.