Sindicato orienta voto “Não” à Reforma Estatutária da Camed

3


O Sindicato dos Bancários do Ceará orienta os associados da Camed em sua base de atuação a votar NÃO à reforma estatutária proposta pelos órgãos diretivos da Caixa, com a chancela da direção do BNB.


A orientação baseia-se tanto em questionamentos de forma quanto de conteúdo apresentados por vários associados. Questiona-se, por exemplo, o curto tempo para debate das propostas, bem como a construção das propostas sem participação de dirigentes sindicais e associativos.


Quanto ao mérito, questiona-se, em primeiro lugar, a substituição do Regime Geral de Auxiliar (RGA) por um instrumento contratual firmado exclusivamente com o BNB. O receio é que os benefícios hoje assegurados aos associados da Caixa possam ser retirados ou alterados unilateralmente.


O Sindicato propôs o adiamento por 60 dias do início do processo de votação com o objetivo de permitir discussão aprofundada sobre a reforma proposta. O BNB e a CAMED negaram esse adiamento. O SEEB/CE tem sugestões alternativas que garantam a realização de nova consulta sem por em risco os direitos do corpo social.


Votar NÃO permitirá oportunidade para a realização de outra consulta que modernize a governança da Camed sem qualquer ameaça para os principais mantenedores da Caixa que são os funcionários do Banco, responsáveis hoje por 63% das receitas arrecadas pela Caixa.