Sindicato presente no II Congresso Internacional de Direito Sindical

8


O  II Congresso internacional de Direito Sindical, que se encerrou no dia 4/4, em Fortaleza, alcançou seus objetivos, segundo o Ministério Público  do Trabalho, que visou despertar a atenção dos sindicalistas, dos trabalhadores para grandes problemas que afetam o País. O Ministério Público já está planejando o III Congresso Internacional de Direito Sindical,  previsto para abril do próximo ano, mas deve acontecer em São Paulo. O tema será ainda definido.


Com o tema “Diálogo Social”, o II Congresso reuniu sindicalistas, procuradores do Trabalho e especialistas do Direito Sindical de todos Estados e da Argentina, Uruguai, Chile e países da Europa. Os diretores do Sindicato dos Bancários do Ceará participaram do Congresso.


Além de toda a extensa programação de palestras durante os três dias, o Congresso destinou parte da sua programação para os debates e discussões, possibilitando a troca de experiências e a participação do auditório. Os palestrantes convidados buscaram em suas falas estimular os participantes a conversa, a discussão, para primeiramente compreender a situação e então encontrar alguma solução.


Segundo o idealizador do Congresso, procurador do Trabalho, Gérson Marques, “esse foi um Congresso de grande dimensão e às vezes mal compreendido. Enquanto existem algumas divergências, é natural, vão sempre existir, entre Ministério Público e algumas entidades, neste Congresso chegamos ao consenso, da necessidade de abrir o diálogo, abrir conversas, sobre assuntos de interesse sindical”.


Apoios – O evento foi promovido pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), em parceria com o Grupo de Estudos e Defesa do Direito do Trabalho e do Processo Trabalhista (Grupe) e o Fórum das Centrais Sindicais no Estado do Ceará (FCSEC). Além de sindicatos de trabalhadores, o evento teve apoio das Centrais: CUT, CTB, Força Sindical, UGT, CSP-Conlutas e Nova Central.