Sindicato prestigia convocação de novos bancários

9


Na luta permanente por mais contratações, o Sindicato dos Bancários do Ceará vem acompanhando de perto todas as convocações feitas pelos bancos públicos – Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Banco do Nordeste do Brasil. O objetivo principal dessa luta é melhorar o atendimento à população como também as condições de trabalho dentro das agências.


Em 2012, a Caixa Econômica Federal foi a que mais empossou empregados em todo o País. O quadro de pessoal da Caixa atingiu no dia 30/11 o total de 93.114 empregados. No Acordo Coletivo de Trabalho 2011-2012, o banco havia se comprometido a alcançar 92 mil postos de trabalho até 31 de dezembro de 2012. Desta forma, o número foi superado com um mês de antecedência. Já o acordo 2012-2013 prevê que o banco deve gerar mais 7 mil empregos até 31 de dezembro de 2013, o que irá

totalizar 99 mil trabalhadores na Caixa.


“Essa é uma vitória importante do movimento sindical na luta pela ampliação do emprego, embora saibamos que há uma demanda crescente nas agências da Caixa, agravada pela inauguração de muitas novas agências. A nossa expectativa e a nossa luta constante é para que a Caixa continue com esse processo de convocação para melhorar a situação nas agências”, afirma Marcos Saraiva, diretor do Sindicato dos Bancários do Ceará.


As posses realizadas no Ceará dão conta de empregados lotados no Estado, além de Piauí e Maranhão e neste ano totalizaram um total de 455 novos bancários, sendo 256 somente para o Ceará.


BB – No Ceará, o Banco do Brasil empossou em 2012 um total de 97 novos funcionários distri-buídos em estados do Nordeste e, eventualmente, do Norte. Lotados no Estado foram 85 novos bancários. Entretanto, após o término da campanha salarial deste ano, o Banco do Brasil decidiu por suspender as contratações em todo o País até janeiro de 2013, gerando fortes protestos do movimento sindical. Diante da pressão, o banco retomou a posse de aprovados que já estavam qualificados e com data de posse agendada.

“Com isso, o BB corrige uma injustiça que afetou muitos concursados. Nós sempre lutamos por mais contratações e não podemos admitir que hajam concursados para tomar posse e o banco não encaminhe esse processo. O BB precisa de novos bancários para atender com dignidade à população, assim como para melhorar as condições de trabalho dos bancários que estão sobrecarregados com a demanda”, afirma o presidente do Sindicato, Carlos Eduardo Bezerra.


BNB – Após dois anos de espera, 80 aprovados no concurso realizado em 2010 para cadastro de reserva finalmente puderam tomar posse no Banco do Nordeste. A cerimônia aconteceu no último dia 7/12 e empossou 42 novos bancários para o Ceará e os demais distribuídos entre Pernambuco, Bahia, Alagoas e Piauí. A expectativa do Sindicato é que as convocações continuem já que o Banco anunciou a contratação de 252 novos bancários. “Nós vemos essa convocação como uma importante vitória, mas esse número ainda é insuficiente para suprir a demanda”, analisa Tomaz de Aquino, diretor do Sindicato e coordenador da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB, ressaltando que o BNB prorrogou a validade do concurso até 2014.


“É importante essa convocação, principalmente porque é uma reivindicação histórica do Sindicato, garantindo assim o crescimento da Instituição. E esse crescimento passa pelo trabalho que o Sindicato vem desenvolvendo, para aumentar a capilaridade do Banco, para que atenda melhor, com maior infraestrutura, com mais bancários”, disse a diretora do SEEB/CE, Carmen Araújo.  Ela lembra ainda que esses novos bancários do BNB não tem isonomia de direitos. “Essa isonomia é uma luta do Sindicato e é fundamental para nós”, concluiu.