Sindicato recebe denúncia de discriminação a clientes pelo BNB

11


O Sindicato dos Bancários do Ceará recebeu denúncia que o Banco do Nordeste do Brasil S.A. (BNB) está discriminando clientes com mais de 70 anos de idade que buscam contrair ou renovar empréstimo consignado na modalidade CDC (Crédito Direto ao Consumidor).


De acordo com a denúncia, agências do BNB estão exigindo desses clientes a garantia de um fiador, bem mais complexa e difícil de ser obtida.  Essa exigência, segundo denunciantes, atinge funcionários da ativa e aposentados do Banco.


Procurado pelo Sindicato para se pronunciar sobre a denúncia, a Superintendência de Desenvolvimento Humano do BNB, área com a qual o Sindicato mantém relações institucionais frequentes e diretas, afirmou que a prática faz parte da política de risco adotada pela área comercial da Instituição, mas não tem caráter generalizado. Aplica-se apenas a clientes com perfil cadastral de inadimplente contumaz.


O Sindicato dos Bancários do Ceará vai procurar a área comercial e de negócios do BNB para colher informações mais aprofundadas sobre a questão, a fim de formar juízo final e abalizado.


Caso haja a confirmação das denúncias, o SEEB/CE procurará os órgãos de defesa do consumidor para exigir as providências legais em defesa da clientela seja ela funcionário aposentado do BNB ou qualquer outro cliente prejudicado.


“O Sindicato dos Bancários do Ceará cumpre importante papel quando também exerce a defesa da cidadania, nesse caso representado pelo direito que tem o consumidor de serviços bancários em geral a um atendimento decente, sem filas, sem juros extorsivos e com respeito e dignidade”
Tomaz de Aquino, diretor do SEEB/CE e coordenador da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB (CNFBNB)