Sindicato reforça pedido de afastamento de diretores do BNB

18

O Sindicato dos Bancários do Ceará reforça junto à Presidência da República e órgãos de fiscalização o pedido de afastamento de 4 diretores do BNB, que permanecem nos cargos após as denúncias de corrupção veiculadas na imprensa nacional e local.


Para o SEEB/CE é urgente a indicação de novos dirigentes da Instituição, dentre os quais o Presidente, pois o Banco não pode continuar em compasso de espera, exposto seguidamente a novas denúncias de irregularidades que a cada dia são publicas na mídia.


O Sindicato defende a apuração e punição de todos os envolvidos em fraudes nas operações do BNB, mas entende que, assim como ocupantes de funções de menor porte identificados como responsáveis por desvios estão sendo destituídos, em primeiro lugar deveriam estar deixando seus cargos os diretores remanescentes da gestão Roberto Smith, quando toda essa onda de fraudes iniciou.


O SEEB/CE também cobra uma investigação que transcenda os muros do Banco e identifique toda a ação promíscua envolvendo parlamentares e detentores de mandatos públicos e suas ligações com dirigentes do Banco. “Toda a rede de tráfico de in-fluência e obtenção de privilégios políticos e financeiros precisa ser desmontada, afim de que o BNB possa comemorar os seus 60 anos de existência de cabeça erguida e com o respeito que lhe é devido por sua trajetória de apoio ao desenvolvimento da região Nordeste”, enfatiza Tomaz de Aquino, diretor do Sindicato e coordenador da Comissão nacional dos Funcionários do BNB.