Sindicato repudia trabalho no Banco do Brasil em pleno feriado

12


O Sindicato dos Bancários do Ceará recebeu denúncia de uma  mesa de crédito irregular no Banco do Brasil, sem comunicação ao Sindicato, num “convite” feito de um dia para o outro, pela Superintendência do BB para que os funcionários trabalhassem no feriado de quarta-feira, dia 15/8.


Os relatos davam conta que o Banco do  Brasil estaria fazendo um dia de mobilização por cumprimento de metas em todo o País e, por conta do feriado em Fortaleza, os bancários teriam que trabalhar  mesmo sendo feriado para atender a política de metas do Banco.


O Sindicato já encaminhou a denúncia para a Superintendência Regional do Trabalho e ao Ministério Público do Trabalho, para as devidas providências. E protesta pela falta de responsabilidade do Banco do Brasil em não respeitar a jornada de trabalho do bancário, nem o descanso do trabalhador durante o feriado.


Segundo o Ministério Público, o pagamento num dia de feriado deveria ser em dobro e o que o Banco do Brasil está propondo é uma vergonha. O Banco ofereceu aos que fossem trabalhar neste feriado: trabalhariam 6 horas, para receber um dia de folga. Quem trabalha 8 horas, teria compensado somente as 6 horas trabalhadas. Cadê o dobro que é determinado para pagar, conforme a legislação?


O Sindicato repudia mais uma vez a irresponsabilidade do Banco do Brasil em não cumprir, ou fazer um acordo com a entidade, como manda a legislação trabalhista.