Sindicato se reúne com secretário para debater quadro de insegurança no Estado

6


O Sindicato dos Bancários do Ceará esteve reunido na última quarta-feira, dia 30/10, com o secretário de Segurança Pública do Estado, Servilho Paiva, para debater a crítica situação de insegurança da categoria bancária, especialmente no Interior. A reunião foi em resposta a ofício enviado pela entidade em razão do crescimento da onda de assaltos e explosões de agências bancárias por todo o Ceará.


O objetivo do Sindicato foi discutir medidas que possam amenizar a situação e a reunião já vinha sendo solicitada desde a gestão do antigo titular da Secretaria, coronel Francisco Bezerra. Atendido pelo atual secretário, o presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Eduardo Bezerra, apresentou sugestões da entidade para amenizar o quadro de insegurança dentro das unidades bancárias.


“A reunião marcou a ampliação do diálogo do Sindicato e a disponibilidade da categoria bancária em ajudar no que for preciso na proteção à vida dos trabalhadores e da população. O Sindicato já tem aprovada a realização de um Seminário de Segurança e já convidou a Secretaria de Segurança Pública do Estado para participar e firmar parcerias sociais e institucionais no combate ao crime organizado, principalmente no segmento que afeta aos bancários, vigilantes, policiais, clientes de bancos e população”, informou Carlos Eduardo.


Ele ressaltou ainda que, independente do descaso por parte dos banqueiros com a segurança, é preciso que o poder público aja no que diz respeito também à prevenção desses crimes. “O descaso por parte dos banqueiros é notório, a ponto de algumas agências funcionarem sem a presença de vigilantes. Assim, tratamos também acerca da necessidade de instalação de novos dispositivos de segurança que possam conter as crescentes formas de assaltos a bancos em nosso Estado”, concluiu o presidente do Sindicato.