Sindicato visita agência atacada por assaltantes

17


  


Diretores do Sindicato dos Bancários do Ceará visitaram, no último dia 18/6, a agência do Banco do Brasil de Morada Nova (168 km de Fortaleza). Um dia antes, no dia 17/6, a agência foi alvo de um grupo formado por cerca de dez homens fortemente armados que explodiram a unidade e ainda fizeram o vigilante de refém.


Os diretores Léa Patrícia Albuquerque, Cláudio Rocha e Carlos Rogério Montenegro constataram a total destruição do local e cobraram mais segurança para o Interior do Estado.


O assalto – A ação ocorreu durante a madrugada quando os bandidos renderam o vigilante e entraram na agência. Houve intensa troca de tiros entre policiais e suspeitos que levaram, ainda, o trabalhador como refém, porém, o libertaram na sequência. Os ladrões usaram dinamite e a agência ficou totalmente destruída.


Dois dias depois, dia 19/6, em Mauriti (481 km de Fortaleza), outra agência do BB teve seus caixas eletrônicos destruídos por explosivos. Um grupo formado por cinco homens atacou a unidade e também fez reféns, entretanto a polícia conseguiu prender dois.


Em 2013 já foram registrados 71 ataques a bancos e/ou cidadãos no Ceará, sendo que 30 deles foram ao Banco do Brasil.


Em Morada Nova, os diretores do SEEB/CE levaram apoio aos bancários, ainda amedrontados com a violência e preocupados com a falta das seguranças pública e bancária.