Sindicatos e BNB fazem primeira negociação e assinam Acordo do Ponto Eletrônico com melhorias

11


Na quarta-feira, 27/6, foi feita a primeira negociação com o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) dentro da Campanha Nacional Unificada dos Bancários 2018. Nesse mesmo dia, foi assinada a renovação do Acordo do Ponto Eletrônico dos funcionários do Banco.  A negociação aconteceu na sede do Centro Administrativo do BNB, em Fortaleza.


Estiveram presentes à assinatura do Acordo do Ponto Eletrônico e à primeira negociação com o BNB, a presidenta e o secretário-geral da Contraf-CUT, Juvandia Moreira e Gustavo Tabatinga, respectivamente, além dos representantes dos Sindicatos do Nordeste, que tem o BNB em sua base, a Federação Bahia/Sergipe, a Comissão Nacional dos Funcionários do BNB, bem como o presidente do BNB, Romildo Carneiro e diretores do Banco.


A presidenta da Contraf-CUT, Juvandia Moreira lembrou a lógica dos bancos que é só concentração de renda. “Daí a importância de começarmos as negociações da Campanha 2018 pelo Banco do Nordeste, um banco iminentemente voltado para o desenvolvimento econômico e social dessa região. A presença do presidente da Instituição na primeira negociação valoriza as relações trabalhistas. É um sinal relevante”.


Mas, enfatizou, de maneira geral, que as negociações estão ameaçadas com a nova lei trabalhista, como o fim da ultratividade da Convenção Coletiva. “Queremos que o acordo com BNB seja válido até que se renove um próximo acordo. Tem questões sensíveis, como auxilio creche-babá, por exemplo, entre outros. E garantir a ultratividade dos acordos é fundamental”.


O presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, em exercício, José Eduardo Marinho lembrou, “esse acordo celebrado do Ponto Eletrônico do BNB conta com melhorias sugeridas pelos colegas do Banco. Dentre elas, podemos elencar a flexibilização dos intervalos de almoço dos colegas com jornada de 6h e 8h; e a possibilidade de compensação de horas positivas em jornadas de 6h e não de 2 em 2 horas, como era anteriormente”.


“Além da renovação do Acordo do Ponto Eletrônico por mais 2 anos, os Sindicatos e a Contraf-CUT abriram a negociação da Campanha Nacional 2018 com o BNB em primeiro lugar em toda a categoria. Na ocasião, foi definido calendário até o final de agosto e cobrado posicionamento sobre a proposta de pré-acordo já entregue ao Banco, com objetivo de garantir a ultratividade”
Tomaz de Aquino, diretor do SEEB/CE e coordenador da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB