Sindicatos e Contraf-CUT retomam negociação com o BNB

6


A mesa permanente de negociação entre as entidades sindicais e a direção do BNB foi retomada na quinta-feira, dia 10/12, em Fortaleza.  Foi a primeira reunião após o encerramento da greve e tratou de pendências remanescentes da última negociação ocorrida na véspera do fim da paralisação.


Na reunião, os Sindicatos, as Federações e a Contraf-CUT indicaram os nomes dos colegas Pedro Moreira de Oliveira, diretor do Sindicato dos Bancários do Ceará, Rubens Nadiel, diretor do Sindicato de Pernambuco e Antônio Galindo, diretor do Sindicato dos Bancários da Bahia para compor, pelos trabalhadores, a Comissão Eleitoral que conduzirá o processo de escolha do Conselheiro Representante dos Funcionários do Banco no Conselho de Administração da Instituição e acertaram a instalação da Comissão, que terá também três membros indicados pelo BNB, para a 2ª quinzena de janeiro de 2016.


Outro ponto tratado na negociação foi a implantação do ponto eletrônico em caráter definitivo tão logo se chegue ao consenso sobre questões relativas ao registro da jornada de trabalho.  As entidades sindicais já adiantaram que não trabalham na perspectiva de adoção de banco de horas a serem compensadas, pois defendem que hora extra tem que ser paga. No entanto, estão abertas ao debate para ao final ter uma decisão tomada pelos funcionários em assembleia.


Participaram da reunião Gustavo Tabatinga, diretor da Contraf-CUT; Tomaz de Aquino, coordenador da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB; Carmen Araújo, diretora do Sindicato dos Bancários de Ceará; Antônio Galindo, representante da Federação Bahia/Sergipe; Rubens Nadiel, do Sindicato dos Bancários de Pernambuco; Lusemir Carvalho, do Sindicato dos Bancários do Piauí; e Jairo França, do Sindicato dos Bancários de Alagoas. A equipe do banco foi coordenada pelo diretor de Administração e TI, Isaías Dantas.