Terceirização no Setor Financeiro em debate no próximo dia 15/3, na sede do Sindicato dos Bancários

15

O Sindicato dos Bancários do Ceará promove na próxima quinta-feira, dia 15/3, uma palestra com o juiz Grijaldo Fernandes Coutinho, que vai falar sobre a terceirização no Brasil, especialmente no setor bancário. Na ocasião acontece o lançamento do livro “Terceirização Bancária no Brasil: Direitos Humanos Violados pelo Banco Central”, de autoria de Coutinho.


O evento acontece às 18h, na sede do Sindicato dos Bancários do Ceará (Rua 24 de Maio, 1289 – Centro), quando os bancários e a sociedade em geral terão a oportunidade de conhecer mais sobre os motivos da terceirização no sistema financeiro e suas consequências sociais no mundo do trabalho.

O LIVRO – Juiz do Tribunal Regional do Trabalho do Distrito Federal e Tocantins, Grijaldo Coutinho foi também presidente da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra). Ele divide os bancários em duas categorias: formais – os trabalhadores que são regidos pela Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) e que dispõe de vários direitos conquistados – e informais – os terceirizados que convivem com a negação de direitos e as péssimas condições de trabalho.


O livro faz ainda uma análise cuidadosa da terceirização no ambiente das atividades bancárias, para denunciar o importante papel que nisto cumprem as regulamentações do Banco Central.

MINICURSO – No mesmo dia 15/3, das 8h às 12h, Coutinho ministra o minicurso “A terceirização e sua compatibilidade ou não com o Direito do Trabalho”, promovido pelo Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT/CE). Podem se inscrever magistrados, servidores públicos, advogados e estudantes. O treinamento faz parte das ações da Escola Judicial do TRT/CE para estimular a formação e o aprimoramento de profissionais de Direito. Informações: Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região – (85) 3388 9493.