Terceirizados serão substituidos por bancários

29

Antiga reivindicação do movimento sindical bancário, a Caixa Econômica Federal confirmou a contratação de até 3.300 pessoas para este ano com o objetivo de substituir os terceirizados por quadros fixos. A medida, além de aumentar a eficiência do atendimento aos clientes, inverte a tendência de terceirização do sistema financeiro nacional.

O banco conta hoje com 101.744 funcionários, sendo que 68.257 são concursados e 18.541 prestadores de serviço, além de estagiários e aprendizes.

A Caixa Econômica Federal publicou os editais de dois concursos para cargos com salários de até R$ 3.881. As inscrições podem ser feitas entre 13 e 26 de março. Uma das seleções, para técnico bancário, vale apenas para os Estados do Rio de Janeiro e São Paulo. Os candidatos devem ter ensino médio completo e mais de 18 anos. O salário, de R$ 1.133, é pago por carga horária de 30 horas semanais. O cargo exige a execução de tarefas como atendimento ao público e atividades administrativas. A Caixa não adiantou quantos serão contratados com essas seleções.