Trabalhadores retomam negociações no dia 3/11

17

As negociações entre a Contraf-CUT e a Fenacrefi (Federação Nacional das Empresas de Crédito, Financiamento e Investimento) são retomadas nesta segunda-feira, dia 3/11. Os financiá-rios reivindicam, dentre outras coisas, aumento real, melhoria nos pisos e maior participação nos lucros. As reivindicações estão com a Fenacrefi desde o dia 10 de junho.


Há muita expectativa por parte dos trabalhadores. Uma prova disso foi a participação na greve deste ano dos funcionários da Aymoré Financiamentos, do Real. Esperamos que as financeiras, que estão ligadas aos maiores bancos do País, apresentem nesta negociação uma proposta à altura desta expectativa.


Cerca de 85% das empresas atualmente no mercado estão associadas a grandes bancos: além do Real (Aymoré), Bradesco (Finasa), Itaú (Taií), HSBC (Losango), Unibanco (Fininvest) e Santander (Olé).


Depois da entrada dos grandes bancos, este setor do ramo financeiro deu um salto enorme. As empresas do setor, ligadas aos bancos, esperaram terminar a campanha dos bancários para voltar a negociar. Agora, os financiários criaram a expectativa de garantir pelo menos o aumento real garantido aos bancários no acordo que foi assinado com a Fenaban.