Trilogia de filmes retrata a vida de Che

18

A dica cultural desta semana inclui três filmes que contam a história da vida do mais respeitado e questionado revolucionário de todos os tempos, Ernesto Guevara de la Serna, ou simplesmente Che. As produções mostram a saga do argentino desde 1952, quando ainda era estudante de medicina, até a sua morte em 9 de outubro de 1967, na Bolívia.


Dirigida pelo brasileiro Walter Salles (Central do Brasil), a primeira produção se chama “Diários de Motocicleta” (2004). A trama conta as aventuras vividas por Guevara e seu amigo Alberto Granado pelos mais diferentes países da América do Sul, a bordo de uma velha motocicleta Norton 500, conhecida como “La Poderosa”. Mais do que uma jornada para conhecer a cruel realidade das populações dessas regiões, esta é uma viagem de autodescoberta, a qual mudou a visão de mundo de Che e o transformou em um revolucionário.


Impressionado com o resultado de “Diários”, o diretor norte-americano vencedor do Oscar, Steven Soderbergh, decidiu que queria continuar o que Salles começou, retratando o resto da vida de Guevara. Como havia muitos fatos para contar, o cineasta dividiu o filme em dois. Na primeira parte, “Che – O Argentino” (2008), o personagem-título, Fidel Castro e outros guerrilheiros organizam a Revolução Cubana com o objetivo de destituir o ditador Fulgêncio Batista do poder. Alternando cenas das batalhas com a célebre entrevista que Che concedeu a uma jornalista americana, o filme é ideologicamente enriquecedor.


Já em “Che – a Guerrilha” (2008), o argentino parte em direção a Bolívia para também tentar montar uma força armada no interior do País. Entretanto, o exército boliviano, contando com o apoio da CIA, aperta o cerco aos guerrilheiros e acaba capturando Guevara, que é executado sem piedade. O filme, que teve pré-estréia nacional na semana passada no Cine Ceará, deve entrar no circuito comercial em 18/9. “Diários de Motocicleta” pode ser encontrado nas principais locadoras do Estado, e “O Argentino” ainda não tem data para chegar em DVD.