Um assalto com refém e cinco saidinhas em apenas dois dias, na Capital

20

Dois homens usando terno e gravata assaltaram, durante a manhã da última sexta-feira, 27/4, a agência do banco Itaú da avenida Washington Soares, próximo ao Shopping Via Sul, em Fortaleza. De acordo com a Polícia, a dupla rendeu o vigilante e a gerente do estabelecimento e a obrigou a abrir o cofre. Eles entraram no banco às 8h30 e só por volta das 10h, saíram do local. A gerente foi abordada pelos bandidos no momento em que entrava no banco. Segundo a Polícia, a dupla conseguiu levar cerca de R$ 140 mil.


Dirigentes do Sindicato dos Bancários do Ceará estiveram na agência, levando apoio aos bancários da unidade, buscando manter a agência fechada e dar toda assistência aos trabalhadores. Os diretores prestaram ainda orientação quanto a emissão da CAT, reivindicaram atendimento médico e apoio psicossocial aos bancários, orientaram na confecção do boletim de ocorrência e de como disponibilizar as imagens para os órgãos de segurança. “Mais uma agência foi assaltada em Fortaleza, e não por coincidência, justamente uma unidade sem porta giratória. Isso só reforça que a retirada dos equipamentos de segurança implicam de forma objetiva no aumento da criminalidade àqueles que precisam utilizar-se do sistema financeiro”, afirmou o presidente do Sindicato dos Bancários, Carlos Eduardo Bezerra.

“Saidinhas bancárias” – Foram registradas somente em um dia, em Fortaleza, cinco ataques a clientes, na última quinta-feira, 26/4. Todas as ações possuem a mesma característica: a abordagem foi realizada por dois homens em uma motocicleta. Segundo a Polícia, o prejuízo das vítimas foi de R$ 18 mil.


A primeira ocorrência aconteceu no bairro Presidente Kennedy quando uma dupla abordou um homem e levou R$ 3 mil. Logo depois, no Montese, dois homens levaram mais R$ 3 mil e a arma de um policial militar. Na rua Dr. José Lourenço, Aldeota, dois homens abordaram um entregador de uma empresa levando R$ 7 mil reais da vítima. A ação aconteceu em uma agência bancária localizada na Avenida Santos Dumont. Logo após, uma dupla roubou R$ 3 mil de um homem que havia sacado o dinheiro em um banco na Avenida Abolição. No Álvaro Weyne, a última ação registrada foi realizada na Avenida Dr. Theberge quando R$ 2 mil foram levados próximo a um banco localizado na Avenida Francisco Sá.