Um mês para lembrar as vítimas de acidentes de trabalho

18


O Brasil registra uma média superior a 700 mil acidentes de trabalho por ano, segundo dados da Previdência Social. Somente em 2014, foram 704 mil acidentes de trabalho, sendo 2.783 casos fatais e 251,5 mil que resultaram em afastamentos por período superior a quinze dias. Para combater essa realidade e chamar atenção da sociedade sobre a importância da prevenção, o Ministério Público do Trabalho (MPT) junta-se à campanha Abril Verde, dedicada à memória das vítimas de acidentes de trabalho.


Segundo pesquisa realizada pela CUT, em parceria com o Dieese, de dez acidentes de trabalho no Brasil, oito acontecem, em média, com funcionários terceirizados, ou seja, 80% dos casos.


De acordo com a Rede Brasil Atual, com a lei da terceirização sancionada pelo governo golpista, deverá haver ainda um aumento significativo nos casos de acidentes de trabalho. Hoje são 560 mil trabalhadores acidentados terceirizados, contra 140 mil trabalhadores contratados diretamente. Os bancos estão entre os setores que mais lucram com a terceirização. Somente no setor financeiro, dos cerca de 1,5 milhão de trabalhadores no país, pelo menos 800 mil já são terceirizados, e o rendimento destes chega a ser até 70% menores do que os dos funcionários diretos.


“Trabalhadores terceirizados estão sujeitos a condições de trabalho piores e mais inseguras do que aqueles contratados diretamente pelas empresas. Os dados oficiais também demonstram maior incidência de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais nesta categoria de trabalhadores”, analisa o presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Eduardo Bezerra.


Em 2017, o Banco do Brasil aderiu oficialmente à campanha Abril Verde e deve realizar durante todo o mês uma série de ações voltadas à prevenção de acidentes e a importância da segurança nos locais de trabalho. Além do Exame Periódico de Saúde anual, haverá vacinação contra a gripe e atividades desenvolvidas pela Rede SESMT, como palestras, treinamentos, inspeções etc. O BB oferece ainda cursos por meio de suas trilhas como Bem-Estar e Saúde e Segurança no Trabalho, pela Universidade Corporativa.


Relate para nós o que acontece no seu local de trabalho. Traga suas sugestões, dúvidas, e atividades que venham a ser realizadas na sua agência à Secretaria de Saúde: 85 3252 4266 (Erismar ou Jannayna).


Dia 28 de abril – O mês de abril foi escolhido em alusão ao Dia Mundial da Saúde (7/4), e o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho (28/4). Esta última data foi instituída por iniciativa de sindicatos canadenses e escolhida em razão de uma explosão que matou 78 trabalhadores em uma mina no estado da Virgínia, nos Estados Unidos, em 1969. No Brasil, a Lei nº 11.121, que criou o Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho, foi promulgada em maio de 2005. A ação faz parte das atividades da Coordenadoria Nacional de Defesa do Meio Ambiente de Trabalho (Codemat). Mais informações sobre a campanha Abril Verde no site  www.abrilverde.com.br


NÚMEROS:


2 MILHÕES

de pessoas morrem no mundo por conta de doenças ocupacionais, segundo a OIT


321 MIL

é o número de acidentes de trabalho em todo o mundo.


A cada 15 SEGUNDOS

um trabalhador morre por conta de uma doença relacionada ao trabalho


O Brasil é o 4º COLOCADO

no ranking mundial de acidentes fatais de trabalho.


Quase 4 MIL MORTES

anualmente em decorrência de acidentes de trabalho no Brasil.