Uma epidemia silenciosa

32

No dia 21 de setembro é celebrado o Dia Internacional do Doentes de Alzheimer, definida por muitos como “mal do século”, “peste negra”, “epidemia silenciosa”. A doença de Alzheimer (DA), pronuncia-se (AU-ZAI-MER), é uma doença degenerativa, progressiva e que compromete o cérebro, causando diminuição da memória, dificuldade no raciocínio e pensamento e alterações comportamentais. Ainda é pouco conhecida em nosso meio e tem efeito devastador sobre a família e o doente. Tida como uma doença rara, conhecida erroneamente como “esclerose” pela população em geral, a doença de Alzheimer representa para a comunidade sério ônus social e econômico.


A DA pode manifestar-se já a partir dos 40 anos de idade, sendo que a partir dos 60 sua incidência se intensifica de forma exponencial. Existem relatos não documentados de DA aos 28 anos de idade. O grau de comprometimento varia de paciente para paciente e, também, de acordo com o tempo de evolução da doença.


Na fase final, o paciente torna-se totalmente dependente de cuidados. Devido a essa abrangência, a doença de Alzheimer ultrapassa as fronteiras da medicina para se converter num problema de ordem econômico-social, com particular e especial repercussão no núcleo familiar.


Sabe-se que, a partir dos 65 anos, de 10 a 15% dessa população será afetada e que a partir dos 85 anos, praticamente a metade dos indivíduos apresentará a doença.


Esse contingente enorme de pacientes indefesos e dependentes de cuidados diuturnos cresce constantemente e inexoravelmente devendo merecer especial atenção das autoridades responsáveis pela saúde pública.

Entidade dá apoio a portadores de Alzheimer e familiares


A Associação Brasileira de Alzheimer (Abraz) é uma entidade sem fins lucrativos que atua na área de educação e conscientização dessa doença. Ela é formada por familiares de portadores de Alzheimer e por profissionais das mais variadas áreas ligadas a ela, além de possuir um corpo de voluntários. Um trabalho árduo, que consiste na transmissão de informações sobre o diagnóstico e tratamento, além de orientar sobre os aspectos cotidianos de acompanhamento do portador.


A Abraz no Ceará completa 10 anos e fará uma palestra no dia 19/9, no Hotel Luzeiros ,sobre “Os Avanços e Perspectivas da doença Alzeimer”, no dia 20/9, promove uma feijoada no Buffet Silvia, próximo ao Colégio Santa Cecília e, no dia 21/9, no Exista, um centro de convivência para pessoas com demência, no Papicu. Haverá oficina para doentes e cuidadores. Mais informações no site www.abraz.com.br