Usuários autorizam o Sindicato a analisar propostas para aperfeiçoar o sistema Ponto a Ponto

45


O Sindicato dos Bancários do Ceará realizou no dia 23/2 uma reunião com os usuários do sistema Ponto a Ponto, na sede administrativa do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), no Passaré. Participaram dessa reunião, além dos usuários, os diretores do SEEB/CE, Tomaz de Aquino e Carmen Araújo, o advogado da entidade, Vianey Martins e o chefe do Ambiente de Gestão de Pessoas do Banco, Geraldo Júnior.


O objetivo do encontro foi debater e aperfeiçoar o mecanismo de transporte coletivo assegurado pelo BNB aos seus funcionários, após importante vitória na justiça através de ação ajuizada e ganha pelo Sindicato dos Bancários.


O Banco alega que há hoje uma subutilização dos ônibus disponibilizados pela instituição e quer negociar com o Sindicato, sob a interveniência da Justiça, a revisão de decisão judicial. Segundo o Ambiente de Gestão de Pessoas, o custo mensal é de R$ 80 mil, independente do uso pelos beneficiários.


A partir desse debate, os usuários presentes à reunião fizeram diversas sugestões que já foram encaminhadas oficialmente ao Banco. Entretanto, por se tratar do cumprimento de decisão judicial, toda e qualquer modificação no sistema só poderá ser feita com a concordância do Sindicato e mediante realização de assembleia com os usuários para aprovação ou não das mudanças propostas.


Sugestões dos Funcionários para o Ponto a Ponto


• Criar novas rotas para atender um maior número de usuários, como Av. Washington Soares, Av. Oliveira Paiva, Av. Bezerra de Menezes, Aldeota etc;


•  Uma campanha realizada pelo BNB para incentivar o uso do sistema por seus funcionários;


• O Banco realizar um levantamento de quem precisar e/ou tem interesse de utilizar o sistema;


• Remanejar ônibus para outros horários;


• Realização de um mapeamento da quantidade de funcionários que utilizam o serviço.



“O Sindicato entende ser muito importante a continuidade do Ponto a Ponto, até mesmo pela questão ambiental, pois utilizando o sistema através daqueles roteiros que lhes forem mais favoráveis, os funcionários estarão contribuindo para a melhoria do meio ambiente, com menos poluição e menos desmatamento para dar lugar a mais vagas de estacionamento”
Tomaz de Aquino, diretor do Sindicato dos Bancários do Ceará