Valor da cesta básica cai em 15 das 17 capitais pesquisadas

17

O valor da cesta básica caiu, em março, em 15 das 17 capitais incluídas no levantamento mensal realizado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). De acordo com relatório divulgado pela entidade, em duas capitais a queda da cesta de produtos chegou a superar 7% no mês passado: Curitiba (-7,80%) e Aracaju (-7,18%). Somente no Rio de Janeiro e em Belém foram registradas altas em março em relação ao mês anterior. Na capital fluminense, a cesta subiu 2,07% e na capital do Pará, 0,70%.


A redução de março segue tendência apontada desde o início do ano nos levantamentos do Dieese. Das 17 capitais pesquisadas, 15 registram baixa acumulada no preço da cesta básica durante os três primeiros meses de 2009. Em quatro capitais, a queda do preço da cesta já supera os 10% no ano: Aracaju (-13,41%), João Pessoa (-12,88%), Florianópolis (-10,39%) e Belo Horizonte (-10,28%). Somente em Belém (2,00%) e em Salvador (0,18%), há aumentos acumulados em 2009.


Segundo o Dieese, a queda nos preços de março foi causada, principalmente, pelo comportamento de seis produtos: feijão, carne, arroz, óleo de soja, pão e tomate. Só o preço do feijão caiu em todas as capitais pesquisadas. Já a carne caiu em 16 capitais. Ainda de acordo com o levantamento, Porto Alegre é a capital com a cesta básica mais cara (R$ 238,73), seguida de Rio de Janeiro (R$ 228,15) e São Paulo (R$ 221,90). Aracaju (R$ 167,37), João Pessoa (R$ 174,72) e Recife (R$ 175,48) são as capitais com a cesta mais barata.