Vote Não à proposta do Banco do Brasil!

13


A votação da proposta apresentada pelo BB para a Cassi continua até o dia 5 de outubro. A proposta onera associados da ativa e aposentados, e o BB para tentar assegurar a aprovação, coloca em prática uma pesada campanha, utilizando-se de táticas nada democráticas.


A diretoria do BB está determinada em aprovar a sua proposta para a Cassi. Para isso, não mede esforços, inclusive, utiliza a máquina do banco para intimidar os funcionários. Inicialmente, utilizou-se de notificações extrajudiciais enviadas pela Cassi para tentar intimidar entidades contrárias à proposta, para não orientarem o voto Não.


As mudanças sugeridas pelo BB para o custeio da caixa de assistência oneram todos os associados, transformando a contribuição extraordinária em permanente e estabelecendo cobrança por dependente. Além disso, o banco propõe mudanças na governança da Cassi, acabando com a paridade na gestão, com duas diretorias nas mãos de representantes do mercado e o voto de minerva para o banco.


O BB quer aumentar o seu controle sobre a Cassi, reduzir contribuições como patrocinador, excluir futuros funcionários e retirar o custeio para futuros aposentados.


O Sindicato, por entender que as mudanças propostas pelo banco são prejudiciais, orienta pela rejeição da proposta VOTE NÃO!