BNB: Comissão Paritária sobre teletrabalho acompanha casos de funcionários do grupo de risco

102

A Comissão Paritária sobre o Teletrabalho do Banco do Nordeste, instalada no dia 15/9, está periodicamente se reunindo para deliberar os pedidos de teletrabalho.

Até o dia 29 de outubro, a Comissão analisou 1.147 pedidos de empregados para continuar no teletrabalho. Desses pedidos, 1.116 foram deferidos. São empregados que possuem idade igual ou superior a 60 anos, que apresentam doença, considerada pela equipe médica, de risco para a COVID 19, grávidas e lactantes.

De acordo com a diretora do Sindicato, Carmen Araújo, representante titular da Comissão Paritária pelas entidades sindicais, “o Banco do Nordeste tem cumprido os compromissos firmados por ocasião das negociações salariais, a exemplo da constituição da Comissão Paritária, que tem analisado de forma célere todos os pedidos recebidos”, avalia.

A Comissão Paritária do teletrabalho foi instalada em cumprimento ao Acordo Coletivo de Trabalho 2020/2022, assinado pela Contraf/Sindicato e direção do BNB, e teve sua primeira iniciativa aprovada pela diretoria da Instituição logo na sua instalação, prorrogando o início do retorno do trabalho presencial do dia 21 de setembro para o dia 4 de outubro.

“Estamos dialogando diariamente com a representação do Banco, tentando resguardar a saúde dos colegas que se incluem nos grupos de risco de contaminação pela Covid-19, além de acompanhar o cumprimento dos protocolos de saúde e as necessidades operacionais do BNB. Estamos vigilantes para garantir os direitos dos funcionários, priorizando a ciência e os cuidados com a saúde de todos”
Carmen Araújo, diretora do Sindicato e representante das entidades sindicais na Comissão Paritária

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here