Breves

132

Cortes na educação: estudantes do Rio protestam contra Bolsonaro

Estudantes de instituições federais de ensino realizaram dia 6/5, no Rio de Janeiro, um protesto contra Bolsonaro. A manifestação ocorreu em frente ao Colégio Militar do Rio que o presidente visitou para comemorar os 130 anos do Colégio. O protesto contra os cortes na educação foi inicialmente convocado por estudantes do Colégio Pedro II, do Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet), do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ) e da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV), mas ganhou a adesão de outras instituições. O governo realizou cortes em todas as universidades com a justificativa de que os recursos seriam revertidos para a educação básica, mas os cortes atingiram todos os níveis. As universidades públicas respondem por 95% da pesquisa do país e realizaram, em 2018, 17,4 milhões de exames e 6,8 milhões de consultas médicas acompanhadas por 339 mil internações de pacientes e a realização de 232 mil cirurgias e 1.398 transplantes em todo o país.

CNBB critica Reforma da Previdência

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) criticou o projeto de reforma da Previdência do governo Bolsonaro por “desconstitucionalizar” as regras da Previdência, durante a abertura da sua 57ª Assembleia Geral da Conferência Nacional, dia 1º/5, em Aparecida, interior de São Paulo. A mensagem, divulgada durante a missa de abertura, foi reforçada pelo presidente da CNBB, dom Sérgio da Rocha, durante a homilia. “Os trabalhadores são os mais fragilizados na sociedade, os que sofrem com o desemprego e com a falta de condições dignas de trabalho”, disse. Já na mensagem, cujo texto ele também assina, a CNBB pediu que trabalhador e sindicatos participem da discussão para preservar “sua justa e digna” aposentadoria. A mensagem destaca que a Previdência é fundamental para garantir a dignidade do trabalhador que se aposenta. A CNBB criticou também a reforma trabalhista, por ter agravado o problema do desemprego.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here