Chapa 3 vence eleições da Previ

64

Grupo reeleito tem apoio do Sindicato dos Bancários do Ceará, demais sindicatos e entidades associativas que defendem os direitos dos funcionários do BB

A Chapa 3, Previ para os Associados, venceu as Eleições Previ. O grupo reúne associados da entidade que já fazem parte ou já tiveram experiência na gestão da Previ, com novos candidatos.

O Presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Eduardo, está entre os membros da gestão eleita, e concorreu ao cargo de titular ao Conselho Consultivo do plano Previ Futuro. “Para nós é uma importante vitória pois sabemos que a experiência do grupo e os anos de gestão foram reconhecidos pelos trabalhadores. Agora devemos melhorar e continuar preservando a solidez e a segurança da Previ. Obrigado a todos pelo apoio e voto de confiança”, falou o presidente.

Durante toda a campanha os membros da Chapa 3 reafirmaram o posicionamento de defender os interesses dos associados e proteger a entidade de interferências externas, seja de governos ou do mercado.

“Os associados da Previ, trabalhadores e trabalhadoras do BB, da ativa e aposentados, votaram pela continuidade da gestão que vem sendo feita nos últimos anos. Esse é um sinal importante, de que devemos nos manter no mesmo caminho, de administração transparente e com canal sempre aberto com os associados”, afirmou o coordenador do comitê de campanha da chapa 3 e ex-diretor do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, José Ricardo Sasseron.

Pleito competitivo

A Previ gere hoje cerca de R$ 230 bilhões dos seus mais de 200 mil associados. “O mercado financeiro não esconde o interesse em quebrar a exclusividade dos fundos de pensão fechados, para gerir esse montante. Recentemente denunciamos uma proposta de lei, formulada no gabinete do ministro da Economia Paulo Guedes, para entregar aos bancos privados esses recursos”, destaca o coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), João Fukunaga.

Duas chapas foram apontadas como ameaçadoras à gestão da Previ, durante toda a corrida eleitoral. Uma delas contava com um candidato que atualmente ocupa cargo de confiança na Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União, órgão que é vinculado à Secretaria Especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados, do Ministério da Economia. Já outra recebeu recursos da Blackrock Brasil, maior administradora de recursos de terceiros e fundos de pensão do mundo.

Veja abaixo os dados da votação

Resultado:
108.221 Votos
Chapa 1 – 17.728
Chapa 2 – 6.664
Chapa 3 – 54.423 – 55,29% dos votos válidos
Chapa 4 – 20.344

Nulo – 5.554
Branco – 3.508

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here