CUT encerra 14º Congresso com aprovação de novo Plano de Lutas para 2023-2027

45

A nova direção da CUT Nacional, para o período 2023-2027, foi eleita e empossada nesse sábado (21), durante o “14º Congresso Nacional da CUT (Concut) – Luta, direitos e democracia que transformam vidas”, realizado na capital de São Paulo, desde a quinta-feira (19).

Leia aqui – Eleições CUT: Sérgio Nobre é reeleito presidente e Juvandia Moreira eleita vice-presidenta

Já no último dia do Concut, neste domingo (22), foram aprovados o Plano de Lutas e resoluções (moções) para a Central nos próximos quatro anos. O Plano de Lutas inclui aprofundar o diálogo com a sociedade, a partir de campanhas educativas sobre a importância social dos sindicatos na garantia de direitos do trabalhador, a luta por democracia e desenvolvimento sustentável, emprego digno, reforma agrária, segurança alimentar e economia solidária.

Ao final dos votos sobre as moções e o Plano de Lutas, o presidente reeleito da CUT, Sérgio Nobre, ao lado da recém-eleita vice-presidenta da entidade, Juvandia Moreira, agradeceu aos delegados e delegadas, que vieram de todos os estados do país, comentou sobre as dificuldades do movimento sindical nos últimos anos e também ressaltou a “garra dos companheiros que realizaram o congresso”.

“Um grande desafio que a gente tem, da classe trabalhadora, é o de reconstruir o Brasil, de pensar um país com direitos, de pensar um país com sindicatos fortes, um país com a democracia forte, um país com desenvolvimento econômico, sustentável, para o meio ambiente e também que promova a inclusão social”, explicou Juvandia Moreira, sobre os desafios do próximo quadriênio. “Esse desenvolvimento tem que contemplar as várias regiões do país, contemplar os vários ramos”, completou.

Conheça a nova Direção Executiva da CUT

Na noite de sábado (21), durante o 14° Congresso Nacional da CUT (CONCUT), foi eleita a nova diretoria executiva da entidade que atuará nos próximos quatro anos, (2023 a 2027).

Na presidência foi reeleito o metalúrgico do ABC Sergio Nobre. A vice-presidência ficará com a bancária Juvandia Moreira, também presidenta da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT). A Secretaria-Geral estará sob o comando do representante do ramo químico, Renato Zulato.

Foram criadas quatro novas secretarias: Economia Solidária; LGBTQIA+, Transporte e Logística e Aposentados, Pensionistas e Idosos.

Participação dos bancários

Entre os eleitos, estão sete bancários, além da presidenta da Contraf-CUT, Juvandia Moreira, eleita à vice-presidência da CUT Nacional.

“Como nova gestão, vamos enfrentar uma nova fase de luta, para a classe trabalhadora, que passa pela retomada de vários direitos que foram retirados, nos últimos anos, passa também pela organização de vários trabalhadores, para dentro do movimento sindical, como os trabalhadores de plataformas [entregadores e motoristas de aplicativos]. Somente esses dois, já são desafios grandes para pensar a organização da classe trabalhadora e fortalecer o movimento sindical”, avalia Rosalina Amorim, eleita secretária de Mobilização e Relação com os Movimentos Sociais. “Acredito que a contribuição que os bancários podem trazer à essa gestão é compartilhar a nossa experiência”, completa, uma vez que os trabalhadores do ramo financeiro têm histórico de terem sido os primeiros a conquistarem o direito à licença-paternidade e o combate ao assédio moral e assédio sexual nas mesas de negociação com os bancos, por exemplo.

Milton Rezende, eleito secretário-adjunto de Mobilização e Relação com os Movimentos Sociais, avalia que a eleição do terceiro mandato do presidente Lula abriu um novo ciclo de lutas à classe trabalhadora no país. “Essa retomada de um governo progressista ao poder coloca novos desafios para nós, além dos velhos. Os velhos são recuperar aquilo que foi retirado da classe trabalhadora, dos direitos da classe trabalhadora. E novos são aqueles temas que a gente tem que organizar, olhar o mundo do trabalho atual e organizar o movimento sindical, pensando esse mundo do trabalho que tem precarizados trabalhadores de aplicativos, trabalhadores PJ, trabalhadores informais. Enfim, nós temos várias frentes para atuar”, conclui.

Além de Rosalina e Milton, foram eleitos Daniel Gaio, como secretário de Meio Ambiente; Ari Aloraldo do Nascimento, para a Secretaria dos Aposentados, Pensionistas e Idosos; além de Marcelinho, Antônio Fermino e Neiva Ribeiro, esses três últimos para a direção executiva.

Veja como ficou a composição da nova diretoria da CUT Nacional

Presidente: Sergio Nobre

Vice-Presidenta: Juvandia Moreira

Secretário-Geral: Renato Zulato

Secretário-Geral Adjunto: Aristides Veras

Secretário de Administração e Finanças: Ariovaldo de Camargo

Secretária-Adjunto de Administração e Finanças: Maria Josana de Lima Oliveira

Secretário de Relações Internacionais: Antônio de Lisboa Amâncio Vale

Secretário-Adjunto de Relações Internacionais: Quintino Marques Severo

Secretário de Assuntos Jurídicos: Valeir Ertle

Secretária de Comunicação: Maria Godoi de Faria

Secretário-Adjunto de Comunicação: Tadeu de Brito Oliveira Porto

Secretário de Cultura: José Celestino Lourenço

Secretário-Adjunto de Cultura: José de Ribamar Barroso

Secretária de Formação: Rosane Bertotti

Secretária-Adjunta de Formação: Sueli Veiga de Melo

Secretária de Juventude: Cristiana Paiva Gomes

Secretário de Relações de Trabalho: Sergio Ricardo Antiqueira

Secretário-Adjunto de Relações de Trabalho: Pedro Armengol

Secretária da Mulher Trabalhadora: Amanda Gomes Corsino

Secretária de Saúde do Trabalhador: Josivania Ribeiro Cruz Souza

Secretária-Adjunta de Saúde do Trabalhador: Elida Rachel Miranda Sousa

Secretário de Meio Ambiente: Daniel Gaio

Secretária de Mobilização e Relação com os Movimentos Sociais: Rosalina do Socorro Ferreira Amorim

Secretário Adjunto de Mobilização e Relação com os Movimentos Sociais: Milton dos Santos Rezende (Miltinho)

Secretária de Políticas Sociais e Direitos Humanos: Jandyra Uehara

Secretária de Combate ao Racismo: Maria Julia Reis Nogueira

Secretária-Adjunta de Combate ao Racismo: Nadilene Nascimento de Sales

Secretária de Organização e Política Sindical: Maria das Graças Costa

Secretário-Adjunto de Organização e Política Sindical: Eduardo Guterra

Secretário LGBTQIA+: Walmir Siqueira

Secretário dos Aposentados, Pensionistas e Idosos: Ari Aloraldo Nascimento

Secretário da Economia Solidária: Admirson Medeiros Ferro Jr (Greg)

Secretário de Transportes e Logística: Wagner Menezes (Marron)

Direção  Executiva

Aline Marques Borges Alves

Antonio Luiz Fermino

Cláudio da Silva Gomes

Maria Eduarda Quiroga Pereira (Duda)

Esteliano Pereira Gomes Neto

Francisca Trajano dos Santos

Geralda Godinho de Sales

Ismael Jose Cesar

Ivonete Alves

Janeslei Albuquerque

Juliana Salles de Carvalho

Mara Feltes

Marcelo Rodrigues

Elzilene do Nascimento Pereira

Neiva Maria Ribeiro dos Santos

Rene Marcos Munaro

Silvana Prestes Rodacoswiski

Fonte: Contraf-CUT, com informações do portal da CUT Nacional

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here