João Fukunaga, ex-coordenador da Comissão de Empresa do BB, é indicado presidente da Previ

423

O Banco do Brasil (BB) indicou João Luiz Fukunaga para presidir a Previ, o maior fundo de pensão da América Latina. Diretor do Sindicato de São Paulo e ex-coordenador nacional da Comissão de Empresa dos Funcionários do BB, Fukunaga vai substituir Daniel Stieler, que se aposentou. Seu mandato vai até 31 de maio de 2026.

João Fukunaga tem uma extensa trajetória de luta em defesa dos funcionários do Banco do Brasil, dos associados da Previ e dos trabalhadores. Ele será o primeiro presidente da Previ associado ao plano Previ Futuro, criado após a reforma estatutária de 1997 para fornecer aposentadoria aos funcionários que entraram no banco a partir de 1998.

O Conselho Deliberativo da Previ já aprovou a indicação do Banco do Brasil, conforme previsão estatutária. A posse do novo presidente ocorrerá após a emissão do atestado de habilitação de dirigente pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc).

Até a habilitação de Fukunaga pela Previc, a presidência da Previ será exercida interinamente pelo diretor de participações, Fernando Sabbi Melgarejo, também conforme previsão estatutária.

A Previ, graças à reforma estatutária de 97, é o único fundo de pensão com gestão compartilhada entre o patrocinador e os trabalhadores, tanto na Direção Executiva quanto no Conselho Deliberativo, no Conselho Fiscal e nos conselhos consultivos dos dois planos de benefícios (o Plano 1 e o Previ Futuro).

Com patrimônio de cerca de R$ 250 bilhões nos dois planos, a Previ é o maior investidor institucional da economia brasileira.

Fonte: Fetec-CUT/CN, com informações da Previ e do Valor Econômico

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here