Outros Toques

61

Outros Toques

Receita sem verba

Sem recursos, a Receita Federal terá de desligar seus sistemas a partir de 25/8. Já circula um aviso interno informando que os sistemas responsáveis por emissão de CPF e processamento de restituições do IR serão desligados. Arrecadação de tributos, emissões de certidões negativas, controle aduaneiro e operações de comércio exterior também serão afetados, assim como a cobrança de devedores do fisco. A Receita precisa de pelo menos R$ 300 mi para manter os sistemas até o fim do ano. O órgão teve contingenciado 30% de seu orçamento de cerca de R$ 3 bilhões.

Privatizações

O governo federal anunciou dia 21/8 a privatização de 9 estatais: Dataprev, Serpro, Telebras, Correios, ABGF, Porto de Santos, Emgea, Ceitec, e Ceagesp. Outras 8 já estavam incluídas nos estudos do PPI: Lotex, Eletrobras, Casa da Moeda, CBTU, Portos de São Sebastião e Espírito Santo, Trensurb (RS) e Ceasaminas. O governo fala ainda em incluir no plano creches, presídios e parques como o de Jericoacoara e Lençóis Maranhenses, mas não explicou como seriam os projetos. Essa é uma demonstração do governo sobre sua intenção de aprofundar o modelo liberal no país. No dia anterior, o ministro da Economia, Paulo Guedes, havia prometido uma lista com 17 empresas.

Pesquisas ameaçadas

A partir de outubro não há orçamento para pagar nenhum dos bolsistas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Ao todo, 2.295 pesquisadores serão afetados no Ceará. Cenário nacional, 83.405 estudantes de graduação e pós-graduação, alguns em países como Estados Unidos, Canadá, Chile e Nova Zelândia, estão na mesma situação. Segundo o CNPq são necessários R$ 330 milhões para garantir o pagamento de todos os bolsistas do órgão até o fim deste ano. O CNPq foi criado em 1951 para fomentar a pesquisa científica e tecnológica no país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here