Outros Toques

298

Outros Toques

Cartão corporativo na berlinda

O TCU (Tribunal de Contas da União) aprovou um pedido para que sejam apuradas possíveis irregularidades nos gastos com cartão corporativo pela Presidência da República. As despesas vieram a público no mês passado e têm sido maiores na gestão Bolsonaro do que na de seus antecessores Michel Temer e Dilma Rousseff. A decisão do plenário foi unânime. Por enquanto o tribunal decidiu instaurar uma auditoria para apurar a legalidade dos gastos. Se constatar irregularidades, o TCU pode determinar aplicação de multa ou devolução do dinheiro. Os gastos na atual gestão ficaram, em média, em R$ 709,6 mil por mês.

Brasileiros barrados

Países europeus vão barrar a entrada de quem vive em locais em que a pandemia de coronavírus não está controlada, quando abrirem suas fronteiras externas, o que está previsto para 1º de julho, segundo a Comissão Europeia. Na prática, residentes no território brasileiro serão impedidos de entrar na Europa enquanto o Brasil não controlar a doença. O Brasil tem o segundo maior número de casos no mundo e caminha para ultrapassar o Reino Unido e ter o segundo maior número de mortes. A taxa de contágio no Brasil também continua acima de 1, o que indica transmissão fora de controle.

Campeão de mortes

Se não houver nenhuma mudança significativa no avanço da pandemia no país, o Brasil pode superar os Estados Unidos em número de mortes de covid-19 no dia 29/7, segundo projeção de um dos principais modelos matemáticos usados pela Casa Branca para definir suas estratégias. Nessa data, o Brasil teria 137,5 mil mortos e os EUA, 137 mil. As projeções foram feitas pelo Instituto de Métricas e Avaliação da Saúde (IHME) da Universidade de Washington, mas não necessariamente vão se concretizar. Elas se baseiam em diversas variáveis que mudam ao longo do tempo, como o número de casos confirmados e a adesão ao distanciamento social.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here