Outros Toques

173

Outros Toques

Brasileiro está mais pobre, triste e estressado

A crise econômica, agravada pela pandemia, que deixou milhões de trabalhadores desempregados e informais sem renda, aliada a falta de políticas públicas efetivas e propostas concretas para aquecer a economia e gerar emprego, aumentou a desigualdade de renda, derrubou o rendimento médio do trabalho e deixou os brasileiros mais infelizes. Isso é o que revela o estudo de Marcelo Neri, do Centro de Políticas Sociais da FGV (FGV Social), publicado no jornal Valor Econômico. De 2019 a 2020, aumentou de 56% para 62% a fatia de brasileiros que disseram estar preocupados, 24% disseram estar sentindo mais raiva, estresse (47%) e tristeza (31%).

Vacina salva vidas

Um estudo aponta tendência de queda proporcional de mortalidade em idosos com mais de 70 anos com o avançar da vacinação contra a Covid-19 no Brasil. Segundo pesquisadores da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e da Universidade Harvard (USA), a imunização evitou a morte de 43.082 pessoas pela doença em 2021 no país. Os resultados mostram que a proporção de idosos entre o total de óbitos por coronavírus caiu de quase 28%, em janeiro, para 12% (entre quem tem mais de 80 anos) e 16% (entre quem tem de 70 a 79 anos) em maio.

Kit Covid lucrativo

A empresa farmacêutica EMS informou à CPI da Covid que faturou R$ 142 milhões em 2020 com medicamentos do chamado ‘kit covid-19’, comprovadamente ineficazes. O valor registrado é 8x maior ao registrado no ano anterior. Só a ivermectina foi a responsável por metade do faturamento da empresa, registrando a marca de R$ 71,1 milhões em vendas. Em 2019, a soma com a venda do medicamento era de apenas R$ 2,2 milhões. Já com a venda da hidroxicloroquina, a empresa faturou R$ 20,9 milhões em 2020. A divulgação e uso do kit pelo governo Bolsonaro contraria recomendações científicas do mundo todo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here