Outros Toques

57

Outros Toques

 

Agrotóxicos

O Ministério da Agricultura formalizou dia 21/5 o registro de mais 31 agrotóxicos. No ano todo, já são 169 produtos autorizados. O número de defensivos aprovados no Brasil vem crescendo significativamente nos últimos três anos, fato que preocupa ambientalistas e profissionais da saúde. Em 2015, foram 139. Em 2018, 450. Dos 31 agrotóxicos registrados, 29 são produtos técnicos equivalentes, ou seja, reproduções de princípios ativos já autorizados, sendo três do polêmico glifosato, associado a um tipo de câncer em processos bilionários nos Estados Unidos.

Governadores contra as armas

Governadores de 14 estados (MA, DF, PI, PE, CE, PB, ES, BA, RN, AL, SE, AM, PA e TO) preparam carta contra o decreto de Bolsonaro que ampliou o porte de armas no país. Eles pedirão na carta, que Executivo, Judiciário e Legislativo que atuem pela “imediata revogação” do dispositivo. No documento, “julgamos que as medidas previstas não contribuirão para tornar nossos estados mais seguros. Ao contrário, terão impacto negativo na violência, aumentando a quantidade de armas e munições que poderão abastecer criminosos e os riscos de que discussões e brigas entre nossos cidadãos acabem em tragédias”.

Bandeira tarifária mais cara

A Aneel aprovou dia 21/5 um reajuste elevando custos extras gerados pelo acionamento das bandeiras tarifárias na conta de luz. O mecanismo, que aumenta custos quando há menor oferta de energia, agora poderá resultar em um adicional de R$ 6 a cada 100 kwh quando no patamar vermelho nível 2, o mais crítico. Antes, o valor era R$ 5. Já a bandeira vermelha nível 1 passará a um adicional de R$ 4,00/100kwh. A bandeira amarela vai gerar adicional de R$ 1,50/100kwh, contra R$ 1 de antes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here