Previ Futuro reduz taxa de carregamento, o que aumenta saldo de conta do associado

66

A Previ reduziu de 4% para 3,5% a taxa de carregamento do Previ Futuro a partir de 1º de janeiro deste ano aos associados. Isso foi possível em razão da redução das despesas administrativas da Previ, uma das mais baixas do sistema de previdência complementar graças à boa gestão da entidade.

Como a taxa de carregamento incide tanto sobre a contribuição dos associados quanto à contribuição patronal, o associado será duplamente beneficiado, porque essa diferença será acrescida ao seu saldo de conta, o que aumentará o valor da aposentadoria no futuro.

É o que explica no vídeo abaixo a conselheira deliberativa eleita Luciana Bagno: “Hoje venho aqui pra dar uma boa notícia em especial para os associados do Previ Futuro. É que nós conseguimos mais uma redução na taxa de carregamento, agora 3,5%. Essa mudança vale a partir de 2022 e é mais uma etapa no ganho de eficiência que a Previ tem conquistado.
Lembrando que essa taxa já foi de 6% e que a gente está constantemente trabalhando pra reduzi-la, é claro que de maneira sempre responsável e sustentável”.

Para os associados do Previ Futuro, acrescenta Luciana, o impacto positivo dessa redução é que “representa um ganho na nossa reserva e, por consequência, um melhor benefício no futuro”.

Importante lembrar que a taxa de carregamento é aquela que incide sobre cada contribuição, cujo valor custeia as despesas administrativas. “A taxa de administração, que é aquela que incide sobre o seu saldo total de conta, já é bem baixinha e está hoje em torno de 0,14%”, lembra a conselheira deliberativa eleita.

Veja aqui por que a Previ tem uma das menores despesas administrativas do sistema de previdência.

Fonte: Associados Previ

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here