Artigo – Mesas temáticas potencializam avanços!

14



O Comando Nacional dos Bancários definiu as datas das negociações das mesas temáticas em 2019, cujo calendário foi fechado em reunião com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), realizada na última quinta-feira (22), em São Paulo. A novidade da Campanha é para os próximos anos, com a criação de mais uma mesa de trabalho, de relações sindicais.


As mesas temáticas são muito importantes para categoria, pois nelas podemos debater assuntos específicos que não temos tempo de discutir durante a Campanha Nacional. Com nosso acordo de dois anos, essas reuniões ganham ainda mais importância. Por isso, ampliaremos nossos esforços para sairmos com avanços de cada grupo de trabalho nas próximas negociações.


Quero destacar que a mesa temática de Igualdade de Oportunidades discute demandas importantes para a categoria sobre a mulher, negros, pessoas com deficiência e questões relacionadas à população LGBT.


Já a mesa temática de Segurança discute dispositivos para aumentar a segurança dos bancários nos seus locais de trabalho, bem como da população.


A mesa temática que aborda Saúde e Condições de Trabalho estuda casos de bancários que sofrem com sobrecarga de trabalho, potencializada com o corte de empregos; cobrança abusiva por metas; que sofrem assédio moral e outros fatores nocivos à saúde presentes em agências e departamentos.


Já a mesa temática da Prevenção de Conflito busca criar políticas de aprimoramento e fortalecimento do instrumento de combate ao assédio moral, estabelecimento de políticas de prevenção, considerando a natureza do instrumento, que trata da prevenção de conflitos nos ambientes de trabalho.


As cláusulas da pauta de reivindicações levada às mesas temáticas são definidas pela própria categoria, durante as reuniões por locais de trabalho realizadas pelos dirigentes sindicais, como no Ceará, que acontecem todas as semanas, tanto na Capital como no Interior. As reuniões envolvem bancários dos bancos públicos e privados, além das financeiras.


Daí a importância das mesas temáticas com a federação dos bancos (Fenaban), onde são aprofundadas as questões que mexem com o dia a dia dos bancários, para além da Campanha Nacional, onde o debate envolve questões macro da categoria.


Todas as reivindicações são anotadas pelos dirigentes sindicais, que juntam a uma série de dados que servirão de subsídios para as rodadas de negociação com a Fenaban. Com assuntos específicos em cada mesa temática, ampliam-se as perspectivas de avanços.


CONHEÇA O CALENDÁRIO DE NEGOCIAÇÕES:


    12 de março – Mesa de Igualdade de Oportunidades.

    27 de março – Mesa de Saúde.

    24 de abril – Mesa de Segurança.

    Julho – Mesa de Relações Sindicais

    Mesa temática da Prevenção de Conflitos – data será definida no encontro sobre Saúde.