Bancários do Ceará entram em estado de greve por vacina

89

Em assembleia virtual realizada no dia 1º/6, os bancários do Ceará aprovaram, por ampla maioria, estado de greve pela inclusão da categoria como prioritária no plano de imunização.

Nesta quarta-feira, dia 2/6, a partir das 10 horas, os bancários realizam uma manifestação no cruzamento das avenidas Santos Dumont com Desembargador Moreira, na Aldeota, para esclarecer a sociedade pela importância da vacinação da categoria. Já no próximo dia 4/6 (sexta-feira) os bancários devem vestir preto como mobilização pela vacina.

“Estamos lutando por algo que não deveria ser necessário, pois as categorias de serviços essenciais eram para ser automaticamente incluídas como prioritárias na vacinação e os serviços bancários foram considerados serviços essenciais durante a pandemia”, lembra o presidente do Sindicato, Carlos Eduardo. Ele destacou que já foram realizadas mais de 40 rodadas de negociação entre o Comando Nacional e os banqueiros desde o início da pandemia onde foram conquistadas várias garantias para os bancários, mas até agora, a categoria não foi incluída entre as prioritárias para a vacinação.

O diretor do Sindicato, Marcos Saraiva, destacou que a categoria bancária foi responsável por atender a população mais carente, trabalhando inclusive aos sábados, aquecendo as economias locais e atendendo da melhor forma possível, inclusive com diversos casos de adoecimento e óbitos dentro da categoria. “Não tivemos o reconhecimento de sermos incluídos no plano de imunização prioritário, mas não podemos mais esperar. O que está em questão é a vida dos bancários e de seus familiares”, disse. Segundo ele, a agência bancária é foco de contaminação de Covid e quem precisa estar dentro das agências, seja bancário, seja clientes ou usuários, estão em risco direto.

REUNIÃO NA CÂMARA DE FORTALEZA – Nesta terça-feira, 1º/6, os bancários estiveram na Câmara Municipal de Fortaleza, numa reunião com vereadores e com o presidente da Câmara, Antônio Henrique (PDT), que disse já existir um projeto de lei de sua autoria pleiteando a inclusão dos bancários entre as categorias prioritárias para receber a vacina. O presidente da Casa se comprometeu em dar agilidade à tramitação do projeto na Câmara e, em conversa com a Prefeitura de Fortaleza, se comprometeu a defender a pauta na próxima reunião do Comitê de Imunização do Estado.

Em Sobral, a Prefeitura já incluiu os bancários entre as categorias prioritárias e nos municípios de Aquiraz e Itapipoca, projetos de lei já estão tramitando com esse tema. O Sindicato está enviando ofícios a todos os municípios do Estado pleiteando a vacinação da categoria.

Durante a assembleia, o Sindicato recebeu a informação de que o governador Camilo Santana já estava ciente do pleito da categoria e se comprometeu a levar a reivindicação para o consórcio de governadores do Nordeste.

NOVA ASSEMBLEIA – Uma nova assembleia será realizada na próxima segunda-feira, dia 7/6, às 19h, para deliberar sobre o andamento das negociações pela vacinação da categoria e, caso não haja avanço, avaliar greve por tempo indeterminado pela vacina.

Fonte: SEEB/CE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here