Bancários do Ceará protestam contra demissões e fechamento de agências do Itaú

86

Nesta terça-feira, 28/11, o Sindicato dos Bancários do Ceará esteve na agência do Itaú da Rua Major Facundo, no Centro de Fortaleza, para protestar contra as demissões e o fechamento de agências.

Mesmo com um lucro de R$ 26,217 bilhões apenas nos nove primeiros meses de 2023 (13,4% a mais do que no mesmo período do ano passado), o banco fechou 1.082 postos de trabalho em 12 meses e 180 agências físicas em todo o País. Só no Nordeste foram mais de 200 demissões e no Ceará, mais de 50 desligamentos.

Os dirigentes do Sindicato destacaram que essa alta lucratividade se deve, principalmente ao empenho e dedicação dos funcionários e que, em contrapartida, ao invés do reconhecimento e valorização por parte do Itaú, o corpo funcional vem recebendo demissões, fechamento de agências e, para quem fica, sobrecarga de trabalho. Os diretores ressaltaram ainda que tudo isso não afeta apenas o corpo funcional, mas também os clientes e usuários, pois com menos trabalhadores bancários para fazer o atendimento, o saldo são mais filas e mais espera.

O Sindicato enfatizou a importância de preservar os postos de trabalho e garantir a estabilidade dos bancários. Durante a atividade foram entregues informativos que mostram números e dados alarmantes do que vem ocorrendo no setor bancário, especialmente no Itaú.

Fonte: SEEB/CE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here