Bancários e Fenaban detalham proposta

21


Neste sábado (29), às 10h, o Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) se reúnem novamente para o detalhamento de uma proposta final para a categoria. São definições sobre questões como aditivos de teletrabalho e violência doméstica. Para avaliar a proposta final, a categoria faz assembleias em todo o  país desde a noite deste sábado até a segunda-feira (31).


Na sexta-feira (28), os representantes dos bancos propuseram um reajuste de 1,5% para salários, com abono de R$ 2 mil. E ainda a reposição da inflação (estimada em 2,74% no período) para demais verbas, como vales alimentação e refeição e auxílio-creche/babá.


O reajuste de 1,5% nos salários + abono de R$ 2.000,00 para todos estes anos garante em 12 meses valores acima do que seria obtido apenas com a aplicação do INPC para salários até R$ 11.202,80, o que representa 79,1% do total de bancários. Isso já considerando o pagamento de 13°, férias e FGTS. A orientação do Comando Nacional d@s Bancári@s é pela aceitação da proposta.


Acompanhe novidades em breve neste site e em nossas redes sociais.