BNB: Sindicato aguarda posição final da Justiça sobre ação da PLR 2012

19


O Sindicato dos Bancários do Ceará aguarda despacho do titular da 4ª Vara da Justiça do Trabalho de Fortaleza, onde tramita a execução da Ação que cobra do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) o pagamento de diferenças da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) do exercício de 2012.


Naquele ano, o BNB pagou a PLR de seus funcionários com base em lucro apurado de R$ 508 milhões. Ocorre que esse lucro sofreu um ajuste para R$ 820 milhões, proporcionando o pagamento de dividendos adicionais aos acionistas, sem a contrapartida da PLR devida aos funcionários.


O Sindicato conseguiu êxito em todas as instâncias da Justiça do Trabalho na reclamação a favor do pagamento dessa diferença para o funcionalismo.


Com trânsito em julgado, quando não cabe da parte do Banco mais nenhum recurso sobre o mérito da contenda, a ação está agora para decisão final na 4ª Vara, exclusivamente no tocante aos valores apresentados por ambas as partes.


“Enquanto o Sindicato apresentou cálculos que totalizaram mais de R$ 27 milhões, as planilhas apresentadas pelo Banco somam pouco mais de R$ 8 milhões. É uma diferença gritante. Mas temos convicção de que realizamos os cálculos da forma correta, cabendo ao Banco explicar porque apresenta valores tão reduzidos. A palavra final está com a Justiça. Estamos cobrando agilidade no desfecho dessa demanda”, afirma Tomaz de Aquino, diretor do Sindicato e coordenador da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB (CNFBNB).