Bradesco e Santander vão corrigir forma de desconto do vale-transporte

91

O Bradesco e o Santander comunicaram à Contraf-CUT que vão corrigir a forma de desconto dos valores referentes ao vale-transporte de seus funcionários. O banco informou que a partir de abril os valores já estarão corrigidos.

Desde a campanha passada informamos à Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) que alguns bancos estavam descontando valores a mais do vale-transporte de seus funcionários. O assunto voltou a ser tratado em mesas de negociação com os dois bancos.

A cláusula 21 da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria determina que os bancários devem arcar com 4% do salário básico. O banco, no entanto, vinha efetuando o desconto de 4% sobre a remuneração integrada às gratificações de função. Diversos sindicatos em todo o país já haviam entrado na justiça pedindo a correção da cobrança e a restituição dos valores cobrados a maior.


“Mais um avanço garantido em mesa de negociação, valorizando o processo de diálogo entre a representação dos funcionários e o banco. A correção ratifica ainda a importância da nossa Convenção Coletiva de Trabalho que garante à categoria direitos importantes e traz cláusulas protetivas que asseguram seu cumprimento”
Carlos Henrique, diretor do Sindicato e funcionário do Bradesco


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here