Breves

70

Isolamento: um brasileiro pode ser salvo a cada 4 minutos

Cada quatro minutos de isolamento social pode salvar a vida de um brasileiro nas próximas semanas. Foi o que concluiu o cálculo feito por pesquisadores do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI). Cientistas e a Organização Mundial da Saúde (OMS) defendem que as medidas de restrição da circulação de pessoas são, por enquanto, a melhor alternativa para conter a propagação do vírus da covid-19. Os pesquisadores alertam que o número estimado de vidas salvas considera os dados oficiais disponibilizados pelo Ministério da Saúde. “Esses dados sofrem de clara subnotificação e, assim, as nossas estimativas também seguirão subestimadas. Porém, acreditamos que mesmo assim é possível ter uma ideia da evolução da epidemia”, diz o estudo. A página é atualizada diariamente com as projeções e está aberta às consultas.

 

Mais 170 mil brasileiros entraram para a pobreza extrema em 2019

O grupo de pessoas em pobreza extrema no Brasil, que inclui os que vivem com menos de 1,9 dólar por dia, ganhou cerca de 170 mil novos integrantes em 2019 e encerrou o ano passado com 13,8 milhões de pessoas, o equivalente a 6,7% da população do país. É o quinto ano seguido no qual o número de brasileiros na miséria cresce. Esse retrato do Brasil pré-pandemia da covid-19 foi divulgado pelo IBGE no início deste mês, por meio da Pesquisa Nacional de Amostras por Domicílio (PNAD) Contínua de 2019. O principal motivo para o aumento do número de brasileiros em pobreza extrema são deficiências na execução do Bolsa Família. Em 2019, o programa chegou a ter uma fila estimada em mais de 1 milhão de famílias que estavam aptas a receber o benefício, mas não eram incluídas pelo governo. A esse problema se somam a redução das equipes que fazem a busca ativa de possíveis beneficiários e a ausência de reajustes anuais do benefício para repor a inflação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here