Caixa: liminar que garante gratificação de função é mantida

10




A liminar que garante a incorporação da gratificação de função para os empregados da Caixa Econômica Federal está mantida. É o que ficou decidido na audiência dia 27/11, em decorrência da ação civil pública ajuizada pela Contraf-CUT contra a revogação do RH 151. Na audiência, a juíza Vanessa Reis Brisolla também marcou data para o julgamento da ação: está previsto para o dia 8 de fevereiro.


Assim está assegurado que os bancários da Caixa passem o fim de ano com tranquilidade, sem perda de direitos. Agora reivindica-se que a revogação deste normativo seja anulada de vez, já que não há amparo legal para acabar com a incorporação de função, pois o RH 151 integra o nosso contrato de trabalho