Empregados fazem dia de luta na Caixa por mais saúde

41

No dia 3/2, os empregados da Caixa em todo o país realizaram um Dia Nacional de Luta para cobrar o respeito aos protocolos de segurança sanitária e prevenção contra a Covid.

Os sindicatos receberam muitas denúncias sobre o não cumprimento dos protocolos existentes, muitas vezes por desconhecimento do gestor, mas também decorrentes da preocupação com o não fechamento das agências para a sanitização, quando é confirmado caso de Covid-19 na unidade, tudo para que não seja prejudicado o cumprimento das metas estabelecidas pelo banco.

Para a representação dos empregados, o banco deve ser responsabilizado pelas ações de gestores por manter um programa de Gestão de Desempenho de Pessoas (GDP) que cobra o cumprimento de metas em plena pandemia.

Outro ponto reforçado pelos empregados durante o dia de luta foi a dificuldade encontrada pelos empregados de atendimento nos serviços de saúde devido à sobrecarga no sistema se saúde pública e também do Plano de Assistência à Saúde dos empregados, o Saúde Caixa, principalmente com relação aos serviços de telemedicina. É uma questão que coloca em risco os empregados e clientes, principalmente neste momento de pandemia, quando muitos precisam de atendimento de urgência ou evitam o comparecimento a hospitais, clínicas e laboratórios, para não ficarem sujeitos ao contágio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here