FETRAFI/NE: Presidente reúne federação dos bancários do nordeste em Teresina

16



Representantes da Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro do Nordeste (FETRAFI/NE) se reuniram na quinta-feira (15/3) em Teresina, na sede do Sindicato dos Bancários do Piauí. Estiveram presentes os representantes dos estados do Nordeste filiados à FETRAFI/NE. Em pauta temas como, eleições sindicais, liberação de dirigentes, questões específicas da FETRAFI/NE e 5º Congresso da CONTRAF-CUT, entre outros.


Segundo o presidente do Sindicato dos Bancários do Piauí, Arimatea Passos, esse é um momento para alinhar questões e definições para a Campanha Nacional de 2018. Ele ressaltou a importância das reuniões da Federação acontecerem agora de forma descentralizada.  


“No último Congresso da Federação colocamos em pauta a necessidade das reuniões rodiziarem nos Estados federados a ela, para aproximar mais a Federação à realidade de cada Estado. Temos pautas muito importantes, como eleição na Contraf-CUT, indicações de pautas das Conferências Regionais que preparam para a Conferência Nacional dos Bancários, além de pautas políticas que são importantes. Vamos fazer um bom debate e definir datas, apoio as eleições sindicais no Maranhão e Pernambuco, e eleições da Funcef Chapa 3 do Participante e Cassi Chapa 1. Como presidente, eu fico muito feliz de estar recepcionando nossos companheiros da FETRAF/NE”, disse Arimatea Passos.


Carlos Eduardo, presidente da FETRAFI/NE, destacou a importância da unidade sindical dentro da conjuntura atual. “A FETRAFI/NE tem o papel de apoiar a organização e luta dos sindicatos filiados, uma base importante da Contraf-CUT. Temos o desafio, nesse momento, de enfrentar uma conjuntura e um governo golpista, com um Congresso que é contrário aos interesses do povo brasileiro, com propostas de retirada de direitos. Nossa maior estratégia e que trouxe conquistas para a categoria foi a unidade nacional, mesmo calendário, mesma estratégia e participação do trabalhador. Esperamos sair mais fortalecidos dessa reunião”, afirmou.


A presidenta do Sindicato dos Bancários de Pernambuco, Suzineide Rodrigues, também ressaltou a importância da unidade para enfrentar a atual conjuntura. “Vamos continuar firmes, nossa luta é nacional e com todos os sindicatos juntos, nós somos mais fortes. Vamos fazer uma campanha salarial muito difícil, porque estamos numa conjuntura adversa em que o governo e os parlamentares têm golpeado a classe trabalhadora. Temos uma Convenção Coletiva e queremos continuar com a Convenção e com os direitos e só vamos conseguir isso com muita organização e luta. E o Nordeste está unido nessa luta”, afirmou Suzineide.



Source: Noticia57