Financiários fazem primeira reunião da Campanha Nacional 2024 com Acrefi

25

Os financiários deram início à primeira mesa de negociação com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), na manhã desta quarta-feira (29). A pauta de reivindicações da categoria foi aprovada em abril e entregue dia 9 de maio.

Durante a reunião, foi apresentada uma proposta de calendário para as negociações. Jair Alves, coordenador do Coletivo Nacional dos Financiários, da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), enfatizou a importância de uma campanha objetiva e da ultratividade, que é a garantia de todos os direitos dos trabalhadores até a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT). “Há 15 dias, entregamos nossa pauta de reivindicações e hoje apresentamos uma proposta de agenda com o objetivo de finalizar a negociação de forma rápida e eficiente, focando na manutenção de todos os benefícios e direitos até a renovação da nova CCT de 2024/2026.”

Um dos pontos críticos discutidos na reunião foi o adoecimento dos trabalhadores do setor. Lucimara Malaquias, secretária-geral do Sindicato dos Bancários de São Paulo, expressou grave preocupação com o alto índice de adoecimento entre os financiários. “Estamos prontos para debater as mudanças no mundo do trabalho, como a inteligência artificial e novos conceitos de emprego, mas é imprescindível destacar que as altas taxas de adoecimento na nossa categoria são inaceitáveis. É uma condição grave, vergonhosa e que não podemos jamais naturalizar.”

Jair espera que as negociações avancem de maneira célere e eficaz, garantindo a manutenção dos direitos e benefícios dos trabalhadores. “Estamos aguardando o retorno da Acrefi referente às nossas propostas de calendários e das reivindicações prioritárias”, finalizou.

Fonte: Contraf-CUT

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here