Funcionários da BV Financeira aprovam acordo em assembleia virtual

14



Os funcionários da BV Financeira em todo o Brasil aprovaram, em assembleia virtual nesta quinta-feira, 7/5, o acordo coletivo negociado entre os sindicatos e a empresa. No Ceará, o acordo foi aprovado por unanimidade e o índice de participação foi de 83,33%, englobando funcionários sócios e não sócios, sem votos contrários ou abstenções.


O acordo ameniza os efeitos das Medidas Provisórias 927 e 936, que serão aplicadas pelo grupo financeiro, e garante a renda e os empregos de todos os 2.879 funcionários no Brasil.

Veja principais pontos da proposta de acordo


– O acordo será nacional e irá abranger todos os 2.879 funcionários

– Estabilidade no emprego de até 120 dias, com redução salarial e redução de jornada de apenas 25% sobre o salário bruto por 60 dias.

– Para garantir a renda líquida do trabalhador, o Sindicato conquistou uma ajuda compensatória (abono), de natureza indenizatória. Ou seja, o valor creditado na conta a cada mês, durante esses 60 dias, não sofrerá alterações.

– Com a redução da jornada de trabalho, os empregados deixarão de trabalhar 5 dias por mês, que poderão ser em dias corridos ou fracionados por semana.

Banco de Horas

– Institui o banco de horas apenas durante o período da pandemia.

– Prazo de 18 meses para pagamento das horas negativas (horas não trabalhadas durante a o período de isolamento social).

– Pagamento com prorrogação de jornada de no máximo duas horas por dia para compensação das horas não trabalhadas;

– Em caso de demissão sem justa causa, o saldo negativo não será descontado. Serão abonadas, sem desconto na rescisão;

– Empregados terão a opção de utilizar 10 dias de férias para pagamento do saldo de horas, o que é uma alternativa para a compensação de horas não trabalhadas.