Funcionários do Banco do Brasil aprovam novo acordo coletivo. No Ceará acordo foi aprovado com 55,26%

36

Com 61,21% dos votos, os funcionários do Banco do Brasil aprovaram, em assembleias realizadas em todo o país, o novo Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), nesta quinta-feira (1º). O documento segue, agora, para a fase de assinatura, prevista para esta sexta-feira (2/9).

No Ceará, o acordo foi aprovado por 55,26%, com participação de 52,45% da nossa base no Estado.

“Foram dez rodadas de discussões intensas, onde sofremos várias tentativas do banco de reduzir direitos, a principal delas, foi a tentativa de reduzir os ciclos de avaliação da Gestão de Desenvolvimento por Competências (GDP). Esse resultado, para nós é um reconhecimento da base, formada por trabalhadoras e trabalhadores de todo o país, desse esforço para consolidar os direitos já conquistados”, avaliou o coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), João Fukunaga.

Além de manter direitos, o novo ACT também obteve avanços à categoria, sendo a principal delas a revisão da tabela PIP, da Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil (Previ), que impactará em mais recursos à aposentadoria dos trabalhadores do BB. Clique aqui para ver as demais conquistas do novo ACT específico do BB.

CONFIRA OS PRINCIPAIS DETALHES DO ACORDO:

GDP: Manutenção dos três ciclos avaliatórios, após o banco tentar impor um único ciclo, além de criação de uma mesa temática para aprimoramento;

TELETRABALHO: Regulamentação com definição de ajuda de custo;

BANCO DE HORAS: PCDs e contínuos vão poder saldar totalmente o banco de horas negativos;

COMBATE AO ASSÉDIO SEXUAL: Acholhimento das denúncias e apuração bipartite (Sindicato e BB);

PREVIDÊNCIA: Viabilizar a proposta dos eleitos para a implementação da revisão do crédito da PIP;

PSO: Mesa de debate sobre situação dos funcionários da Plataforma de Suporte Operacional (PSO) e dos gerentes de serviço que atuam fora dos grandes centros;

PLR: O Banco do Brasil respondeu acatou ofício da Contraf-CUT para a antecipação do pagamento. Com a aprovação do ACT pelas assembleias dos trabalhadores, o pagamento será efetuado na próxima segunda-feira (5/9). Os valores seguirão proporcionalmente o aumento do lucro do banco, ou seja, devem ser um dos maiores já pagos como PLR.

Fonte: Contraf-CUT

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here