Itaú lucra R$ 8,117 bilhões no 1º semestre de 2020

34

O Itaú obteve um Lucro Líquido Recorrente de R$ 8,117 bilhões no 1º semestre de 2020, redução de 41,6% em relação ao mesmo período de 2019. O lucro apenas do 2º trimestre foi de R$ 4,205 bilhões, alta de 7,5% na comparação com o primeiro trimestre do ano.

De acordo com análise feita pelo Dieese, com base nos dados do relatório apresentado pelo banco dia 4/8, ao final do 1º semestre de 2020, a holding contava com 84.343 empregados no país, com fechamento de 818 postos de trabalho em doze meses. No trimestre, porém, houve um saldo positivo de 2.236 novos postos de trabalho no banco, em função de contratações para a área de TI e do “compromisso de manutenção dos empregos durante a crise”. Em 12 meses foram fechadas 177 agências físicas (sendo uma no trimestre) e não foi aberta nenhuma agência digital, totalizando 3.155 e 196, respectivamente.

De acordo com o banco, esse resultado reflete sinais de melhora no 2º trimestre de 2020, que gerou menores provisionamentos em relação ao 1º trimestre (queda de 27,3%). No acumulado do semestre, no entanto, as despesas de PDD tiveram alta de 111,2% em relação ao primeiro semestre de 2019. O Índice de Inadimplência superior a 90 dias, no país, caiu 0,3 p.p., ficando em 3,2%. Ainda assim, as despesas com provisão para devedores duvidosos (PDD) cresceram 111,2%, totalizando R$ 17,8 bilhões.

A receita com prestação de serviços e tarifas bancárias caiu 0,5% em doze meses, totalizando R$ 19,2 bilhões. As despesas de pessoal, por sua vez, caíram 2,4%, somando R$ 11,7 bilhões. Com isso, a cobertura destas pelas receitas secundárias do banco foi de 164,1% no período.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here