Nota de Pesar pelo assassinato de Marielle Franco

15



O Sindicato dos Bancários do Ceará recebeu com muito pesar a notícia da morte brutal e prematura da vereadora Marielle Franco (PSOL/RJ). O mês de março é conhecido mundialmente pela luta por valorização e respeito dos direitos da mulher e nos entristece muito ver uma militante ativa do movimento feminista perder sua vida dessa forma.


Diante do assassinato de Marielle, lutadora dos direitos humanos, da juventude e da defesa das mulheres, não basta apenas se indignar. Com o estabelecimento gradativo da violência em nosso país, onde lideranças dos movimentos sociais e aqueles que lutam por justiça social sofrem perseguição e morte, temos de exigir das autoridades a apuração e punição rigorosa dos culpados por este bárbaro crime.


Marielle era presidente da Comissão de Direitos das Mulheres da Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro e relatora da Comissão que vai acompanhar a intervenção federal no estado. Recentemente vinha denunciando a violência e a arbitrariedade policial na Favela de Acari. Ela foi a quinta vereadora mais votada do Rio nas eleições de 2016 com 46.502 votos.


Que o exemplo de luta de Marielle continue a inspirar a todos(as) aqueles e aquelas que lutam por justiça social, direitos humanos e em defesa das minorias. O Sindicato dos Bancários do Ceará se solidariza com a família, amigos e companheiros de luta da vereadora.


Marielle Franco, presente!


 


“Abateu-se sobre nós uma violência inominável: a execução perversa e covarde de uma  jovem lutadora, uma mulher portadora do sonho de justiça e liberdade. Morre a mulher,  mas as suas ideias resistirão, salvas no coração de seu povo alimentado pela sua utopia de igualdade e fraternidade entre as pessoas. ‘Eles tentaram nos enterrar, mas não sabiam que éramos sementes’, como diz o provérbio mexicano. Sigamos em frente, unidas na luta, firmes e fortes por nós, pelas outras e em memória de Marielle”.



Rita Ferreira, secretária de Igualdade e Diversidade do Sindicato dos Bancários do Ceará

 


Source: Noticia57