NOTA DE PESAR pelo falecimento de Erivanda Medeiros, do Sindicato dos Bancários do Cariri

17


É com extremo pesar que o Sindicato dos Bancários do Ceará informa o falecimento da companheira Erivanda de Lima Medeiros, coordenadora geral do Sindicato dos Bancários do Cariri e ex-presidente da entidade.


Erivanda era funcionária do Banco do Brasil e morreu na manhã desta sexta, 5/4, em sua casa, no centro de Juazeiro do Norte, onde já havia sido montada uma espécie de UTI devido ao agravamento do seu quadro clínico. Ela lutava contra um câncer.


A dirigente sindical foi ainda secretária municipal em Juazeiro do Norte. Em fevereiro passado, por ocasião das comemorações dos 39 anos de fundação do PT, partido ao qual, Erivanda foi fundadora no Ceará, o diretório estadual e de Juazeiro e Crato, prestaram homenagem à militante.


A partir das 17 horas desta sexta, 5, o seu corpo estará sendo velado no Sindicato dos Bancários do Cariri, no Crato (Rua Glicério Benício Pinheiro, 141, bairro Pimenta). O sepultamento será às 10h de sábado, 6/4, na cidade de Quixadá, cidade natal da dirigente.


Erivanda tinha 71 anos e era graduada em Direito pela Universidade Regional do Cariri (URCA) e ingressou nos quadros do Banco do Brasil no ano de 1981 quando passou a trabalhar no antigo CESEC em Juazeiro, sendo, depois, transferida para a agência Centro. Desde 1990, fazia parte da Diretoria do Sindicato dos Bancários do Cariri no cargo de diretora Administrativa, de Patrimônio e Pessoal e foi do Conselho de Representante da Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito do Nordeste.


Ela era incansável no apoio aos movimentos sindicais na região e atuou em diversas entidades como o Movimento de Mulheres do Cariri. No ano de 2012 a Câmara Municipal lhe outorgou o título de cidadã juazeirense. Já este ano foi condecorada como presidente de honra do PT local.