Outros Toques

133

Outros Toques

49% reprovam Bolsonaro

A rejeição ao governo Bolsonaro atinge quase metade da população brasileira. De acordo com pesquisa XP/Ipespe, divulgada dia 11/5, 49% dos brasileiros consideram o governo federal é “ruim ou péssimo”. Outros 58% desaprovam a maneira de Bolsonaro governar o país. Somente 29% julgam o governo como “ótimo e bom” e 35% aprovam a administração do país pelo atual ocupante do Palácio do Planalto. A atuação de Bolsonaro no combate à pandemia é reprovada por 58% dos brasileiros que consideram a gestão do negacionista “ruim e péssima”. Somente 22% avaliam como “ótima e boa”. O levantamento ainda mostra que 63% avaliam que a economia está no caminho errado, contra 26% que acham que está no caminho certo.

Universidades federais

O orçamento do Ministério da Educação (MEC) destinado às universidades federais em 2021 teve redução de 37% nas despesas discricionárias, se comparadas às de 2010 corrigidas pela inflação. A queda afeta recursos destinados a investimentos e despesas correntes, como pagamento de água, luz, segurança, além de bolsas de estudo e programas de auxílio estudantil. A falta de recursos poderá levar à redução ou paralisação das atividades, segundo a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).

Volta da fome

No semiárido, cerca de 47% da população está em situação de fome. Dados da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (PENSSAN) mostram que foram registradas cerca de 3 milhões e 674 mil pessoas em situação de insegurança alimentar grave durante a pandemia. A área classificada como semiárido compreende todos os estados da região Nordeste e algumas regiões de Minas Gerais. Ao todo, moram na região 7,7 milhões de pessoas. No orçamento da União de 2021, as despesas discricionárias chegaram ao menor índice da história, com um corte de R$ 17,2 bilhões, o que impacta na manutenção das políticas públicas. No Brasil, são 19 milhões de pessoas passando fome, segundo a Rede PENSSAN.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here